Arayara manifesta solidariedade à comunidade da Terra Indígena Jaraguá

O Instituto Internacional ARAYARA manifesta toda sua solidariedade aos indígenas da etnia Guarani Mbya que vivem na menor aldeia urbana do Brasil, que fica na Terra Indígena (TI) Jaraguá, em São Paulo. A comunidade já sofre resultados da urbanização e contaminação do meio ambiente e da água em sua aldeia. Agora enfrentam mais uma tentativa de opressão. Nos solidarizamos à sua resistência pacífica e à sua bravura na luta pela vida, pela natureza e pelos seus direitos.

Nesta terça-feira o governador de São Paulo (PSDB), João Dória, enviou a Tropa de Choque da Polícia Militar para cumprir uma reintegração de posse.  

Os indígenas ocupam o terreno desde último dia 30 de janeiro e lutam pela manutenção de mais de 500 árvores de mata nativa que a empreiteira Tenda quer derrubar para construir 11 torres de prédios em plena Mata Atlântica. O empreendimento fica ao lado de três aldeias: Ytu, Pyau e Yvy Porã.

A obra infringe diversas normas ambientais e ainda desrespeita convenção internacional por não consultar os povos vizinhos. A OIT 169 é clara e determina a consulta livre, prévia e informada dos povos indígenas. Essa lei foi descumprida.

Os indígenas defendem que o local seja destinado à criação de um parque ecológico e um Memorial da Cultura Guarani.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: