Suspensa inclusão de pessoas em serviços de proteção ao crédito

Congresso nacional

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (9) um projeto que suspende por 90 dias a inclusão de pessoas em serviços de proteção ao crédito.

O texto foi aprovado em razão da crise provocada pela pandemia do coronavírus e ainda será analisada pelo Senado.

De acordo com o projeto, o prazo é retroativo e começa a contar a partir de 20 de março. A suspensão poderá ser prorrogada por decisão da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), subordinada ao Ministério da Justiça.

A fiscalização do cumprimento da lei deve ser regulamentada pelo Poder Executivo.

Ainda segundo o texto, os valores de multas para quem descumprir esses requisitos serão usadas para o combate ao coronavírus.

Na justificativa do texto, o relator, Julian Lemos (PSL-RJ), afirma que com a crise na economia são necessárias medidas que “evitem ainda maiores danos aos trabalhadores e empresários”.

Fonte: G1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Enquire now

Give us a call or fill in the form below and we will contact you. We endeavor to answer all inquiries within 24 hours on business days.